Pernambuco Imortal
personalidades Abelardo Barbosa Chacrinha,Surubim-Pernambuco

Abelardo Barbosa Chacrinha

Cidade: Surubim

Descrição

José Abelardo Barbosa de Medeiros, conhecido nacionalmente como Chacrinha, nasceu no município pernambucano de Surubim, no dia 30 de setembro de 1916, filho de Antônio do Rêgo Medeiros e Aurélia Barbosa de Medeiros. Em 1936, ingressou na Faculdade de Medicina do Recife, passando depois a fazer parte, como percussionista, do conjunto musical Bando AcadêmicoTeve a sua primeira experiência numa emissora de rádio. Estudante de medicina e sócio do Centro Acadêmico de Medicina, foi convidado para dar uma palestra na Rádio Clube de Pernambuco. Escolheu como tema O álcool e suas consequências, sendo elogiado pela imprensa, mas seus colegas de turma diziam que ele era o pior locutor do mundo.  Aceitou alguns outros trabalhos como locutor, para poder comprar livros para o curso, mas dizia não ter, na época, nenhum interesse pelo rádio. Após três anos de curso foi convidado para ser baterista da orquestra do navio Bagé, partindo em turnê pela Europa e deixando para trás a carreira de médico.Conseguiu emprego como locutor na Rádio Tupi e, em 1943, na Rádio Sociedade Fluminense, de Niterói. O início do sucesso, no entanto, foi o emprego que conseguiu como locutor na Rádio Clube de Niterói, onde surgiu o personagem Chacrinha. A Rádio funcionava numa pequena chácara, uma chacrinha, no bairro de Icaraí. Abelardo Barbosa convidado por Souza Barros, o proprietário da Rádio, conseguiu produzir um programa com músicas carnavalescas que denominou de Rei Momo da Chacrinha, em homenagem ao local onde se localizava a emissora.Em 1968, foi para a Rede Globo de Televisão, onde apresentava dois programas: A Hora da Buzina, aos domingos, quando com sua famosa buzina gongava os candidatos a cantor que não agradavam, perguntando Vai para o trono, ou não vai? e, a Discoteca do Chacrinha, às quartas-feiras, onde criou as famosas chacretes, moças bonitas que dançavam e enfeitavam o programa.Foi o criador de diversas frases e expressões que o tornaram conhecido e ficaram famosas, sendo repetidas por todo o País: Terezinhaaaaa! Vocês querem bacalhau? (uma alusão às Casas da Banha, rede de supermercado que o patrocinou durante muito anos); Eu vim para confundir, e não para explicar; Quem não comunica se trumbica (muito citadas pelo estudiosos da comunicação); Em televisão nada se cria, tudo se copia.Abelardo Barbosa, o Chacrinha, líder de audiência na televisão brasileira por três décadas, morreu no dia 30 de julho de 1988.

Fotos

Outras Personalidades de Surubim



Comente

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados