Pernambuco Imortal

Timbaúba

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Marinaldo Rosendo de Albuquerque (PSB)

Gentílico

Timbaubense

DDD

81

Distância do Recife

100 km

Aniversário

08 de abril

Fundação

8 de Abril de 1879

Histórico

Na primeira metade do século XIX, à margem direita do rio Capibaribe-Mirim, também conhecido como rio das Capivaras, surgiu um núcleo populacional, composto de gente honesta e trabalhadora, denominado Mocós e onde havia uma feira.

Nas proximidades do povoado havia uma fazenda conhecida pelonome "Árvore de Espuma", pertencente ao português, Antônio José Guimarães, que além das suas atividades agropastoris mantinha um estabelecimento comercial onde vendia tecidos e gênero diversos.

Com capacidade de liderança, o senhor Antônio José Guimarães que havia conquistado posição de destaque na localidade impôs a transferência da feira para o pátio de sua fazenda. Começou daí a formação de novo povoado. Com auxílio da população a esposa do fazendeiro fez construir uma capela em homenagem a Nossa Senhora das Dores.

Após vinte e quatro, cansada, a população de localidade, não suportando mais surgiu uma fase de maior desenvolvimento para a localidade.

Em 1873, no dia 28 de maio por força da Lei nº 1103, da Assembléia Provincial de Pernambuco, foi criada a paróquia, que obteve assim sua independência. Com um crescente desenvolvimento social e econômico, os timbaubenses procuraram sua emancipação política, que o obtieram com a promulgação da Lei nº 1363, de 8 de abril de 1879, que criou o município e comarca de Timbaúba, sendo a povoação elevada à categoria de vila.

Gentílico: timbaubense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Timbaúba, pela lei provincial nº 1103, de 28-05-1873, subordinado ao município de Itambé.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Timbaúba, pela provincial nº 1363, de 08-04-1879, desmembrado de Itambé. Instalada em 21-04-1892.

Elevada à condição de cidade e sede do município com a denominação de Timbaúba, pela lei provincial, nº 1811, de 27-06-1884.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 3 distritos: Timbaúba, Cruanji e São Vicente.

Pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, desmembra do município de Timbaúba o distrito de São Vicente. Elevado à categoria de município.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Timbaúba e Cruanji.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Timbaúba, Cruanji e Livramento de Tiuma.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 3 distritos: Timbaúba, Cruanji e Livramento de Tiuma.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Timbaúba, Cruanji e Livramento de Tiuma. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

07°30'18, 35°19'04

Mesoregião

Mata Pernambucana

Altitude

102 metros

Microrregião

Mata Setentrional Pernambucana

Área

0

População

53825

Densidade

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 338 361,976 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 6 470,75 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,649 médio PNUD/2000

Bioma

Caatinga e Mata Atlântica

Clima

Tropical chuvoso com verão seco As

Limites

Ao norte com o estado da Paraíba, ao sul com Vicência, a leste com Ferreiros (Pernambuco), Aliança (Pernambuco) e Camutanga e a oeste com Macaparana.

Cep inicial

55870-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados