Pernambuco Imortal

Solidão

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Diomésio Alves de Oliveira (PSB)

Gentílico

Solidanense

DDD

87

Distância do Recife

411 km

Aniversário

20 de dezembro

Fundação

20 de dezembro de 1963

Histórico

Segundo depoimento de pessoas idosas, o atual município de Solidão teve origem no meado do século XIX, quando o senhor Euzébio, conhecido como o bandeirante, andava a procura de minérios, e chegando nessa localidade ficou morando sob um juazeiro, depois adquiriu as terras onde fixou residência com sua família.

Com o passar do tempo doou as terras a sua filha de nome Conceição, que posteriormente vendeu a um senhor vindo do município de Monteiro, Paraíba, por nome de Jesuíno Pereira, por volta de 1870, embora só veio morar na localidade em 1907, quando começou a construir algumas casas de tijolos (alvenaria). Por ser um homem religioso resolveu convidar o padre Carlos Cottart que morava em Afogados da Ingazeira, para celebrar uma missa em sua residência, exatamente no ano de 1910, quando o padre chegou na casa do senhor Jesuíno, exclamou ?Que solidão!? e o anfitrião perguntou-lhe, ?que significa isso? e o padre respondeu-lhe, solidão é um lugar deserto, isolado, e então ficou sendo chamado de solidão?.

Era vontade do Sr. Jesuíno construir uma capela para devoção, porem faleceu mesmo antes de iniciar a obra, ficando a incumbência com sua viúva e o senhor João Batista de Oliveira, naturalmente com ajuda de todos os moradores. A construção ficou pronta em 1947 e foi colocada a imagem de Nossa Senhora de Lourdes, que é a padroeira do município.

Como a cidade fica localizada no sopé da Serra do mesmo nome, o padre Osvaldo da cidade de Tabira, juntamente com a população, construíram uma escadaria com uma gruta onde colocaram uma imagem de Nossa Senhora de Lourdes, ao lado da gruta começou a minar por entre as pedras uma água límpida, que foi usada bastante tempo como milagrosa e começou a surgir as romarias, até os dias atuais são pagas bastantes promessas à Nossa Senhora de Lourdes pelos romeiros, por graças alcançadas.

Gentílico: solidanense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Solidão pela lei municipal nº 3, de 10-02-1937, subordinado ao município de Afogados da Ingazeira.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Solidão figura no município de Afogados da Ingazeira.

Pela lei estadual nº 418, de 31-12-1948, o distrito de Solidão passou a fazer parte do novo município de Tabira. Confirmado pela lei estadual nº 421, de 31-12-1948.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Solidão figura no município de Tabira. Assim permanecendo em divisão territorial datada de de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com denominação de Solidão, pela lei estadual nº 4969, de 20-12-1963, desmembrado de Tabira. Sede no antigo distrito de Solidão. Constituído do distrito sede. Instalado em 14-03-1964.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Transferência distrital

Pela lei estadual nº 418, de 31-12-1948, confirmado pela lei estadual nº 421, de 31-12-1948, transfere o distrito de Solidão do município de Afogados da Ingazeira para o novo município de Tabira.

Localização Municipal

O município está localizado na Macrorregião do Sertão Pernambucano e na Microrregião do Pajeú, com uma área territorial de 130,1 km2, limitando-se ao Norte com o estado da Paraíba, ao Sul com Carnaíba e Afogados da Ingazeira, Leste com Tabira, ao Oeste com o estado da Paraíba. A sede municipal está a 600 m de altitude em relação ao nível do Mar, Tem sua posição geográfica determinada pelo paralelo de -7º 35 60 da latitude -37 39 07,25 de longitude.

O clima é semiárido quente, com temperaturas variando entre 20º C e 36ºC

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

07º36'01, 37º39'07

Mesoregião

Sertão Pernambucano

Altitude

586 metros

Microrregião

Pajeú

Área

138

População

5744

Densidade

41.6231884058

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 17 973,733 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 2 959,61 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,581 médio PNUD/2000

Bioma

Caatinga

Clima

semi-árido quente

Limites

Ao norte com o Estado da Paraíba; Ao sul com Afogados da Ingazeira e Carnaíba; Tabira, a leste e a oeste com o Estado da Paraíba.

Cep inicial

56795-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados