Pernambuco Imortal

Sertânia

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Lucicleide Xavier Ferreira dos Santos (PSB)

Gentílico

Sertaniense

DDD

87

Distância do Recife

316 km

Aniversário

Fundação

1893

Histórico

A região na qual se situa o município de Sertânia, era babitada por índios, segundo se conhece, os verdadeiros donos eram os CARIRIS ( piripães, caraíbas, rodelas, jeritacés, todos da nação TAPUIA ), que no início do povoamento já estavam semi-domésticados.

As "ENTRADAS", buscando apriosionar os índios para o trabalho na região canavieira, foi o marco inicial do devassamento do território.

Existem indícios de que os holandezes estiveram na região, onde se aliaram aos Cariris, contra os portugueses.

No final do século XVII ( 1782 ), Antão Alves de Souza, natural de Vitória de Santo Antão, mudou-se para Moxotó, no intuito de desenvolver negócios de gado. Lá chegando, casou-se com D. Catarina, filha do português Raimundo Ferreira de Brito, fundou uma fazenda de gado nas terras do sogro.

Na primeira década do século XIX, Antão Alves iniciava a construção de uma igreja sob orago de Nossa Senhora da Conceição, concedendo, em 1810, para patrimônio da igreja, uma data de uma légua quadrada de terra. O nascimento de uma povoação foi uma consequência normal do costume sertanejo de construir residências ao redor da igrejas, principalmente em terras onde a água existisse em abundância. Como o rio Moxotó banhava a povoação, o seu progresso foi rápido e constante.

Os registro informam que Sertânia foi elevado à categoria de distrito em 1942, com o nome de Alagoa de Baixo. Nesta mesma data foi criada a sua freguesia, cuja sede foi transferida, posteriormente, para o povoado de Jeritacó.

O topônimo Sertânia significa: " CIDADE SERTANEJA".

O TOPÔNIMO original era: "ALAGOA DE BAIXO".

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Alagoa de Baixo, pela leis provinciais nº 93, de 04-05-1842 e 639, de 03-06-1865 e por lei municipal nº 52, de 03-08-1892, subordinado ao município de Cimbres.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Alagoa de Baixo, pela lei provincial nº 1093, de 24-05-1873, desmembrado de Cimbres. constituído do distrito sede. Instalado em 29-04-1878.

Elevado à condição de cidade e sede do município com a denominação de Alagoa de Baixo, pela lei estadual nº 991, de 01-07-1909. Pela lei municipal de 15-10-1909, é criado o distrito de Custódia e anexado ao município de Alagoa de Baixo. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Alagoa de Baixo e Custódia. Pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, desmembra do município de Alagoa de Baixo o distrito de Custódia. Elevado à categoria de município.

Pelas leis municipais nºs 39, de 02-04-1919 e 96, de 18-01-1929, é criado o distrito de Algodões e anexado ao município de Alagoa de Baixo.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Alagoa de Baixo Algodões.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município Aparece constituído de 4 distritos: Alagoa de Baixo, Algodões, Henrique Dias ex-Tigre e Rio da Barra.

Pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-12-1943, o município de Alagoa de Baixo passou a denominar-se Sertânia.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município Já denominado Sertânia é constituído de 4 distritos: Sertânia, Algodões, Henrique Dias e Rio da Barra.

Pela lei municipal nº 133, de 14-02-1953, é criado o distrito de Albuquerque Né, criado com terras do distrito de Rio da Barra e anexado ao município de Sertânia.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 5 distritos: Sertânia, Albuquerque Né, Algodões, Henrique Dias e Rio da Barra. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alteração toponímica municipal

Alagoa de Baixo para Sertânia alterado, pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-12-1943.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

8°04'Sul , 37°15'Oeste

Mesoregião

Sertão Pernambucano

Altitude

558 metros

Microrregião

Sertão do Moxotó

Área

2421.51

População

33723

Densidade

13.9264343323

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 135 451,961 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 3 810,61 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,648 médio PNUD/2000

Bioma

Caatinga

Clima

semi-árido BShW

Limites

Iguaraci (N), Ibimirim, Tupanatinga, Buíque, Arcoverde (S), Custódia (O)

Cep inicial

56600-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados