Pernambuco Imortal

Santa Maria da Boa Vista

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Leandro Rodrigues Duarte (Democratas)

Gentílico

Boavistano

DDD

87

Distância do Recife

611 km

Aniversário

Fundação

7 de junho de 1872

Histórico

Como outras comunidades do Vale do São Francisco, Santa Maria da Boa Vista foi inicialmente uma fazenda de gado do domínio de GarciaD`Ávila. No processo sucessório aparece a seguir a família Brandão, com uma propriedade denominada "Fazenda Volta", certamente fazendo alusão à curva que o São Francisco apresenta no local. Sabe-se também que em 1672 havia várias aldeias índigenas na região, destacando-se dos Coripós na ilha de Santa Maria e dos Cariris na ilha do Aracapá.

A paróquia foi criada por ato da Mesa da Consciência e Ordenas de 30 de janeiro de 1672, sendo instalada em 14 de agosto do ano seguinte, tendo como padroeira Santa Maria, sob invocação da Imaculada Conceição. Pertenceu inicialmente à Diocese de Olinda, posteriormente às Pesqueira e Floresta, e finalmente à de Petrolina. Seu primeiro vigário foi o Pe. Ezequiel Gameira, sendo Frei Anastácio d`Audierne o primeiro sacerdote a desembarcar na região. Outros missionários que atuaram no município, naquela época, foram François Danfront, Boaventura, Frei Martin de Nantes e Frei Apolinário.

Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Boa Vista , pela resolução de 30-01-1762.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Boa Vista, pela lei provincial nº 58, de 19-04-1838. Instalada em 01-10-1838.

Pelas leis provinciais nºs 530, de 07-06-186 e 921, de 18-05-1870, a vila de Boa Vista foi extinta.

Elevado novamente à categoria de vila, pela leis provinciais nºs 601, de 13-05-1864 e 1057, de 07-06-1872. Reinstalada em 30-05-1873.

Pela lei municipal nº 4, de 16-01-1893, é criado o distrito de Caraíbas e anexado ao município de Boa vista.

Pela lei municipal nº 10, de 08-01-1900, é criado o distrito de Jatobá de Santa Bárbara e anexado ao município de Boa Vista.

Elevado à condição de cidade, pela estadual nº 991, de 01-07-1909.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Boa Vista, Caraíbas e Jatobá de Santa Bárbara.

Pela lei municipal nº 66, de 24-04-1917, é criado o distrito de Malha da Real. e anexado ao município de Boa Vista.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 4 distritos: Boa Vista, Caraíbas, Jatobá de Santa Bárbara e Malha da Real.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 4 distritos: Boa Vista, Caraíbas, Jatobá de Santa Bárbara e Pontal ex-Malha da Real.

Pelo decreto-lei estadual nº 235, 09-12-1938, o distrito de Caraíbas foi extinto e anexado ao distrito sede do município de Boa Vista; e o distrito de Malhada Real ex-Pontal, também extinto, anexado ao distrito de Jutaí ex-Jatobá de Santa Bárbara. teve sua denominação alterado pela mesma lei acima citada.

Pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-12-1943, o município de Boa Vista passou a denominar-se Coripós.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Caripós e Jutaí.

Pela lei estadual nº 1819, de 30-12-1953, o município de Coripós passou a denominar-se Santa Maria da Boa Vista.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 2 distritos: Santa Maria da Boa Vista e Jutaí. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei municipal nº 410, de 30-08-1963, são criados os distritos de Caraíbas, Lagoa Grande e Urimamã e anexados ao município de Santa Maria da Boa Vista.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 5 distritos: Santa Maria da Boa Vista, Caraíbas, Jutaí, Lagoa Grande e Urimamã. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VI-1995.

Pela lei estadual nº 11215, de 16-06-1995, desmembra do município de Santa Maria da Boa Vista os distritos de Lagoa Grande e Jutaí. Para formar o novo município de Lagoa Grande.

Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído de 3 distritos: Santa Maria da Boa Vista, Caraíbas e Urimamã. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alterações toponímicas municipais

Boa Vista para Coripós alterado, pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-121943. Coripós para Santa Maria da Boa Vista alterado, pela lei estadual nº 1819, de30-12-1953.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

08º48'28, 39º49'32

Mesoregião

São Francisco

Altitude

361 metros

Microrregião

Petrolina

Área

3001.17

População

39473

Densidade

13.152537177168

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 279 785,775 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 6 769,72 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,669 médio PNUD/2000

Bioma

Caatinga

Clima

Semi-árido - quente - temperatura média anual de 35°C

Limites

Lagoa Grande, Parnamirim, Orocó Petrolina

Cep inicial

56380-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados