Pernambuco Imortal

Parnamirim

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Ferdinando Lima de Carvalho (PRB)

Gentílico

parnamirinense ou parnaminioara

DDD

87

Distância do Recife

570 km

Aniversário

1 de julho

Fundação

25 de maio de 1870

Histórico

Nos meados do século XIX, o tenente-coronel Martinho da Costa Agra, acompanhado de sua família, veio instalar-se com uma fazenda de gado, à margem do rio Brígida. Assim, a origem da cidade fica ligada ao ciclo econômico da pecuária, que teve um lugar decisivo na formação histórica e sociológica dos sertões. Não possuímos informes completos a respeito da vida de Martinho da Costa Agra, a quem cabe a honra de haver fincado, nestas paragens, o marco originário do povoamento; contudo, sabe-se que era filho de um advogado português, formado pela Universidade de Coimbra. Foi na realidade Saco do Martinho, nome primitivo da região, o núcleo habitacional.

Por força do decreto-lei estadual nº 235, de 9 de dezembro de 1938, que fixou a divisão para vigorar no qüinqüênio 1939-1943, o município de Leopoldina é têrmo e o município de Leopoldina passaram a denominar-se Parnamirim, por força do decreto estadual nº 952, de 31 de dezembro de 1943. Ainda pelo referido decreto-lei, que fixou a divisão territorial judiciário-administrativa do Estado, vigorante no qüinqüênio 1944-1948, foi criada a comarca de Parnamirim, continuando a mesma situação, determinada pela lei estadual nº 1819, de 30 de dezembro de 1953.

Gentílico: parnamirinense ou parnaminioara

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Santana do Saco, pela lei provincial nº 773, de 06-061867, subordinado ao município de Cabrobó.

Pela lei provincial nº 924, de 25-05-1870, o distrito de Santana do Saco passou a denominar-se Leopoldina.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Leopoldina, pela lei provincial nº 1464, de 16-06-1879, desmembrado de Cabrobó. Sede no antiga vila de Leopoldina. Constituído do distrito sede. Instalado em 19-04-1880.

Pela lei municipal nº 3, de 13-03-1896, é criado o distrito de Terra Nova e anexado a vila de Leopoldina. Elevado à condição de cidade com a mesma denominação pela lei estadual nº 991, de 01-071909. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Leopoldina e Terra Nova. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 2 distritos: Leopoldina, Terra Nova. Pelo decreto-lei estadual nº 314, de 27-06-1934, o município de Leopoldina é extinto, sendo seu território distribuído pelos município de Granito, Salgueiro e Serrinha. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Leopoldina, figura como distrito no município de Granito. Pelo decreto estadual nº 92, de 31-03-1938, o município de Granito passou a denominar-se Bodocó e o distrito de Leopoldina figura no município Bodocó.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Leopoldina, pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, desmembrado dos municípios Bodocó e Serrinha. Sede no antigo distrito de Leopoldina. Constituído de 4 distritos: Leopoldina, Veneza, Icaiçara e Terra Nova. Não temos data de Instalação.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943,o município é constituído de 4 distritos: Leopoldina, Icaiçara, Terra Nova e Veneza.

Pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-12-1943, o município de Leopoldina passou a denominar-se Parnamirim.

Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o município já denominado Parnamirim é constituído de 4 distritos: Paranamirim, Icaiçara e Veneza e Terra Nova.

Pela lei estadual nº 3340, de 31-12-1958, desmembra do município de Parnamirim o distrito de Terra Nova. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Parnamirim, Icaiçara e Veneza. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alteração toponímica distrital

Santana do Saco para Leopoldina alterado, pela lei provincial nº 924, de 25-05-1870.

Alteração toponímica municipal

Leopoldina para Parnamirim alterado, pela lei estadual nº 952, de 31-12-1943.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

08º05'26, 39º34'42

Mesoregião

Sertão Pernambucano

Altitude

392 metros

Microrregião

Salgueiro

Área

2595.92

População

20227

Densidade

7.79184258375

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 74 634,495 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 3 766,95 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,665 médio PNUD/2000

Bioma

Caatinga

Clima

Tropical semi-árido

Limites

norte: Granito, Serrita e Bodocó; sul:Santa Maria da Boa Vista e Orocó; leste com Terra Nova e Cabrobó e oeste com Ouricuri e Santa Cruz

Cep inicial

56163-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados