Pernambuco Imortal

Moreno

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Gentílico

morenense

DDD

81

Distância do Recife

28 km

Aniversário

Fundação

11 de setembro de 1928

Histórico

A origem do município de Moreno data a chegada de dois portugueses, conhecidos como irmãos Moreno; um deles se chamava Baltazar Gonçalves Moreno, quanto ao outro não se guardou o nome. Chegando à localidade e, logo, compraram uma faixa de terras com a finalidade de se instalarem em engenho. Antes da realização do plano arquitetado veio a falecer um deles. O segundo, de nome Baltazar, continuou insistindo até conseguir realizar o que havia pretendido anteriormente. No dia do funcionamento de engenho, emocionado por ver o trabalho concluído, sofreu um colapso e faleceu.

Em virtude da tragédia a propriedade foi vendida pelos herdeiros ao brasileiro, Antônio de Souza Leão. A 18 de dezembro de 1859 o novo proprietário recebia na casa-grande do engenho, a visita do imperador D. Pedro II que lhe conferiu o título de Barão de Moreno e a sua esposa, Dona Maria Amélia de Souza Leão, o de Baronesa.

Naquele tempo a sede do município era o engenho Catende, que foi vendido em 1910 a uma sociedade anônima de origem belga. Logo depois foi construída a fábrica de tecido denominada "Societá Contonière Belgo-Brasiliense "S.A".

Gentílico: morenense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Morenos pela lei municipal nº 126, de 08-03-1920, subordinado ao município de Jabotão.

Elevado à categoria de município com a denominaçào de Morenos, pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, desmembrado de Jaboatão. Sede no antigo distrito de Morenos. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1929.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Morenos, Buscaú e Tapera.

Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, o distrito de Morenos passou a denominar-se Moreno. Sob o mesmo decreto-lei os distritos de Buscaú e Tapera foram extintos, sendo seus territórios anexados ao distrito sede do município de Moreno ex-Morenos.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2003.

Pela lei nº , de , é criado o distrito de Bonança e anexado ao município de Moreno.

Em divisão territorial datada de 2005, o município é constituído de 2 distritos: Moreno e Bonança.

Alteração de Grafia

Morenos para Moreno alterado pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

08º07'07, 35º05'32

Mesoregião

Metropolitana de Recife

Altitude

96 metros

Microrregião

Recife

Área

196.07

População

56767

Densidade

289.52414953843

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 235 777,445 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 4 278,93 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,693 médio PNUD/2000

Bioma

Mata Atlântica

Clima

tropical chuvoso com verão seco

Limites

São Lourenço da Mata, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão

Cep inicial

54800-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados