Pernambuco Imortal

Jaboatão dos Guararapes

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Elias Gomes (PSDB)

Gentílico

Jaboatonense

DDD

81

Distância do Recife

18 km

Aniversário

Fundação

4 de maio de 1873

Histórico

O topônimo Jaboatão, para alguns autores, deriva-se do vocábulo "jabotiatão", que significa "o que anda devagar". Segundo Antenor Nascentes origina-se de "uma planta não identificada, que dá mastros para embarcação". O nome dessa árvore procede do tupi YA poa'tã, o indivíduo linheiro o tronco reto (Teodoro Sampaio). Talvez seja, no final. O elemento an'tã, duro, o que vem a concordar com Rodolfo Garcia: Ya, o que tem pó ou bo, fibra e an'ta, dura.

A origem da cidade data de 1593 quando, por escritura pública, o português Bento Luiz de Figueiroa e sua mulher, D. Maria Feijó de Figueiroa adquiriram como terceiros proprietários, o Engenho São João Batista, mais tarde Bulhões.

Aos primeiros povoadores, oriundos principalmente de Recife e Olinda, Bento de Figueiroa doou terras para a construção de casas, na parte situada entre os rios Jaboatão e Duas Unas. Aí surgiu, dentro em pouco, aprazível e próspera povoação, que em 1598 recebia "foros" de Paróquia, sob o orago de Santo Amaro.

Ainda em 1598, foi criado, por D. Antônio Figueiroa, terceiro bispo do Brasil e, anteriormente Prior da Ordem de São Bento de Avis, um curato, provido em 1609, ano em que faleceu D. Maria Feijó de Figueiroa.

Em 21 de outubro de 1633, 700 holandeses invadiram e saquearam a povoação, sendo rechassados pelas nossas tropas, sob o comando do Major Pedro Correia da Gama e do Capitão Luiz Barbalho Bezerra.

Foi nos montes Guararapes, em 1648 e 1649 que se travaram as mais sangrentas batalhas da nossa história, contra o invasor holandês. No segundo deles saiu ferido o intrépido Henrique Dias que veio a falecer anos depois, em conseqüência dos golpes recebidos .

Em 1764, quando passou a distrito, era grande o progresso de Jaboatão. Nessa época, foi criada a freguesia, sob a invocação de Santo Amaro, sendo o seu primeiro vigário o Padre Adriano de Almeida.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Jaboatão, pelo alvará, de 20-03-1764.

Elevado à categoria de vila com denominação de Jaboatão, pela lei provincial nº 1093, de 24-05-1873, desmembrado de Recife. Sede na antiga vila de Jaboatão. Constituído do distrito sede. Instalado em 13-11-1873.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Jaboatão, pela lei providencial nº 1811, de 27-06-1884. Pela lei municipal nº 7, de 1-06-1905, são criados os distritos de Tigipió e Nossa Senhora dos Prazeres anexados ao município de Jaboatão. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Jaboatão, Nossa Senhora dos Prazeres e Tigipió. Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de I-IX-1920, o município aparece com 4 distritos: Jaboatão, Morenos, Nossa Senhora dos Prazeres e Tigipió.

Pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, desmembra do município de Jaboatão o distrito de Morenos. Elevado à categoria de município. Sob a mesma lei acima citados, transfere o distrito de Tigipió do município de Jaboatão para o de Recife.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Jaboatão e Nossa Senhora dos Prazeres.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, o distrito de Nossa Senhora dos Prazeres passou a denominar-se Muribeca. Pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-12-1943, o distrito de Muribeca teve sua denominação alterada para Muribeca dos Gurararapes. No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Jaboatão e Muribeca dos Guararapes. Pela lei municipal nº 50, de 16-12-1948, é criado o distrito de Cavaleiro e anexado ao município de Jaboatão. Em divisão territorial datada de I-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos:

Jaboatão, Cavaleiro e Muribeca dos Guararapes.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.

Pela lei estadual nº 4992, de 20-12-1962, desmembra do município de Jaboatão o distrito de Cavaleiro. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 4964, de 20-12-1963, desmembra do município de Jaboatão o distrito de Guararapes ex-Muribeca dos Guararapes. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Pelo Acordão do Tribunal de Justiça mandado de segurança nº 57.072, de 31-08-1964, é extinto o município de Cavaleiro, voltando seu território a pertencer ao município de Jaboatão.

Pelo Acórdão do Tribunal de Justiça mandado de segurança nº 56.898, de 20-07-1964, é extinto o município de Guararapes, voltando o seu território a pertencer ao município de Jaboatão com a denominação de Muribeca de Guararapes.

Em divisão territorial datada de 1-I-1980, o município é constiuíto de 3 distrtios: Jaboatão, Cavaleiro e Muribeca dos Guararapes. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-VIII-1988.

Pela lei estadual nº 4, de 05-05-1989, o município de Jaboatão passou a denominar-se Jaboatão dos Guararapes. Sob a mesma lei acima citado é criado o distrito de Jaboatão e anexado ao município de Jaboatão dos Guararapes. Ainda extingui o distrito de Muribeca dos Guararapes, passando o seu território a pertencer o distrito sede de Jaboatão dos Guararapes.

Em divisão territorial datada de I-VI-1995, o município é constituído de 3 distritos: Jaboatão dos Guararapes, Cavaleiro e Jaboatão. Assim permanecendo em divisão territorial datadas de 2005.

Alteração toponímica municipal

Jaboatão para Jaboatão dos Guararapes alterado, pela lei estadual nº 4, de 05-05-1989.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

-811.278, -3.501.472

Mesoregião

Metropolitana do Recife

Altitude

76 metros

Microrregião

Recife

Área

258.57

População

644699

Densidade

2493.324824999

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 6 389 842,408 mil (BR: 77º) – IBGE/2008

PIB per capita

R$ 9,419 74 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,777 médio PNUD/2000

Bioma

Mata Atlântica

Clima

tropical As'

Limites

Recife, Cabo de Santo Agostinho, Moreno e São Lourenço da Mata

Cep inicial

54000-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados