Pernambuco Imortal

Gameleira

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Gentílico

Gameleirense

DDD

81

Distância do Recife

81 km

Aniversário

10 de abril

Fundação

11 de julho de 1867

Histórico

O início da povoação de Gameleira data de 1848, quando elementos da revolução praieira se instalaram ao pé da colina Francisco Pinto, chefiados por José Pedro Veloso da Silveira, residente ao engenho Lages profundo conhecedor da região e grande defensor da revolução, ao lado de Nunes Machado.

Da colina de Francisco Pinto esses elementos demandavam à Água Preta, local de constantes conflitos entre Praeiras e Guaribus.

Os primeiros habitantes de Gameleira foram os índios Cariris e Uruas. O topônimo de Gameleira teve origem no grande número de árvores da Gameleira existentes no lugar. Com o desbravamento da selva e a catequese dos índios, construiu-se entre os sítios Boa Vista e Cachoeira Grande, um engenho que tomou o nome de Gameleira. Terminada a revolução instalou-se no lugar "SAITO" um português de nome Oliveira Pelagem, que construiu 5 casas e se estabeleceu com uma mercearia, pouco tempo depois era iniciada a construção da estrada de ferro que deveria passar por Gameleira com destino ao rio São Francisco. Em 1860 foi inaugurada a estação e também um grande armazém para a estocagem de açucar dos engenhos e posterior transporte para o porto de Rio Formoso. O município de Gameleira teve a sua criação em 7 de junho de 1872, de acordo com a lei provincial nº 1057. De início, contava apenas com o distrito de Gameleira e hoje, compõem-no de Gameleira. Cuiambuca e José da Costa.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação Gameleira, pela lei provincial nº 763, de 11-07-1867, subordinado ao município Serinhaem.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Gameleira, pela lei provincial nº 1057, de 0706-1872, desmembrado de Serinhaem. Constituído do distrito sede. Instalado em 13-12-1873.

Pela lei municipal de 19-08-1895, é criado o distrito de Ribeirão e anexado ao município de Gameleira.

Elevado à condição de cidade e sede do município com a denominação de Gameleira, pela lei estadual nº 153, de 10-04-1896.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 2 distritos: Gameleira e Ribeirão.

Pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, desmembra do município de Gameleira o distrito de Ribeirão, Elevado à categoria município.

Pelo ato municipal nº 2, de 17-01-1931, são criados os distritos de José da Costa e Cuiambuca e anexados ao muncípio de Gameleira.

Em divisão administrativa referente ao ao de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Gameleira, Cuiambuca e José da Costa.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 3 distritos: Gameleira, Cuiambuca e José da Costa.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Gameleira, Cuiambuca e José da Costa.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

8°35' Sul , 35°23' Oeste

Mesoregião

Mata Pernambucana

Altitude

102 metros

Microrregião

Mata Meridional Pernambucana

Área

255.96

População

27915

Densidade

109.060009376

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 86 282,602 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 3 138,80 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,59 médio PNUD/2000

Bioma

Mata Atlântica

Clima

Tropical úmido As

Limites

Ao norte com Ribeirão (Pernambuco), ao sul com Água Preta, ao leste com Rio Formoso e Ribeirão (Pernambuco) e a oeste com Água Preta.

Cep inicial

55530-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados