Pernambuco Imortal

Caruaru

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

José Queiroz (PDT)

Gentílico

Caruaruense

DDD

81

Distância do Recife

130 km

Aniversário

18 de maio

Fundação

18 de maio de 1857

Histórico

No início do século XVII, segundo a tradição local constituía a área da atual cidade de Caruaru uma grande fazenda de gado. Até hoje não está rigorosamente estabelecida a origem do topônimo. De acordo com Teodoro Sampaio, a palavra caruaru, substantivo composto de caruar e u, significa aguada das caruaras, alusão feita à fonte ou água que na localidade pernambucana produzia moléstia que ataca os rebanhos, ocasionando inchação e paralisia das pernas. O vocábulo caruara (caruuara), com vários significados quase todos porém, associados a entidades mórbidas, encerraria assim o étimo de que se derivou a denominação consagrada pelo uso popular.

A definição do mestre baiano acompanha, de certo modo, a que foi dada pelo historiador e folclorista pernambucano Alfredo de Carvalho, para o qual a palavra caruaru era corruptela de caruari, significando rio das caruaras. Outra versão faz derivar o topônimo do nome de uma planta vulgarmente conhecida por caruru e que outrora cobria um poço na margem do rio Ipojuca, em local que, por isso, passou a ser denominado Poço ou Sítio do Caruru. Por acréscimo de uma vogal, o nome teria alterado para caruaru.

Os donos daquelas terras constituíam a família dos "Nunes dos Bezerros", assim denominada em virtude da curta distância entre a fazenda e a Paróquia dos Bezerros. Admite se que os Nunes eram remanescentes dos primitivos concessionários daquelas terras, quando foram distribuídas como sesmarias. Os Nunes abrigavam um casal de órfãos. O menino, José Rodrigues de Jesus, foi mais tarde o fundador de Caruaru.

Em virtude de desentendimento com a família, José Rodrigues apossou-se das terras que lhe pertenciam por herança, a Este e a Sudeste, da Fazenda dos Nunes. Com 20 anos já era senhor poderoso e residia com sua mulher D. Maria do Rosário de Jesus, numa boa vivenda, a Casa Grande, no local denominado Caruaru, onde, sob a invocação de N. Sª da Conceição, aí construiu uma capela, que passou a ser ponto de convergência de novos moradores', iniciando-se assim o povoado.

Dessa capela utilizaram-se os moradores até 1846, quando o missionário Frei Euzébio de Sales, Capuchinho da Penha, iniciou a construção da Igreja Matriz, hoje Catedral. Reconstruída duas vezes, a última em 1883, a capelinha ganhou, nesse ano, o sino que ainda hoje ali se vê, o maior "exvoto" do lugar, promessa de Francisco Gomes de Miranda Leal, que fez transportar a oferenda em lombo de animais, de Tapera a Caruaru, onde a população a recebeu com imenso júbilo .

Em dezembro de 1895, foi inaugurada a estação ferroviária da "Great Western" que ligou Caruaru ao Recife e constituiu, então, importante fator de progresso no Município.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Caruaru, pela lei municipal nº 3, de 02-121892, subordinado ao município de Bonito. Elevado à categoria de vila com a denominação de Caruaru, pela lei provincial nº 212, de 16-08-1848, desmembrado de Bonito. Instalada em 16-09-1849. Elevado à condição de cidade e sede do município com a denominação de Caruaru, pela lei provincial nº 416, de 18-05-1857. Pela lei municipal de 15-11-1896 e lei municipal nº 3, de 02-12-1892, é criado o distrito de Carapotós e anexado ao município de Caruaru. Pela lei provincial nº 133, de 02-05-1844, é criado o distrito de São Caetano da Raposa e anexado ao município de Caruaru. Pela lei municipal 15-11-1907, é criado o distrito de Antônio Olinto e anexado ao município de Caruaru. Em divisão administrativa referente ao ano e 1911, o município é constituído de 4 distritos: Caruaru, Carapotós, São Caetano da Raposa e Antônio Olinto. Pela lei municipal nº 149, de 02-12-1919, é criado o distrito de Trapiá e anexado ao município de Caruaru.

Nos quadro de apuração de Recenseamento Geral de I-IX-1920, o município é constituído de 5 distritos: Caruaru, Antônio Olinto, Carapotós, São Caetano da Raposa e Trapiá.

Pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, desmembra de município de Caruaru os distritos de São Caetano da Raposa e Antônio Olinto. Para formar o novo município de São Caetano ex-São Caetano da Raposa.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Caruaru, Riacho Doce ex-Carapatós e Riacho das Almas ex-Trapiá.

Pelo decreto estadual nº 952, de 31-12-1943, o distrito de Riacho Doce voltou a denominar-se Carapotós.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Caruaru, Carapotós ex-Riacho Doce e Riacho das Almas.

Pela lei estadual nº 289, de 30-12-1953, confirmado pela lei estadual nº 1819, de 3012-1953, é criado o distrito de Gonçalves Ferreira e anexado ao município de Caruaru.

Pela lei municipal nº 271, de 15-10-1953, é criado o distrito de Lajedo do Cedro e anexado ao município de Caruaru.

Pela lei estadual nº 1818, de 30-12-1953, desmembra do município de Caruaru, o distrito de Riacho das Almas. Elevado à categoria de município

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 4 distritos: Caruaru, Carapatós, Gonçalves Ferreira e Lajeto do Cedro.

Assim permanecendo em divisão territorial datada em 2007.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

8°17' Sul , 35°59' Oeste

Mesoregião

Agreste Pernambucano

Altitude

545 metros

Microrregião

Vale do Ipojuca

Área

920.61

População

314951

Densidade

342.11120887238

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 2 195 251,405 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 7 452,70 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,689 médio PNUD/2000

Bioma

Caatinga e Mata Atlântica

Clima

Semiárido BSh

Limites

São Caetano e Brejo da Madre de Deus, a oeste, Altinho e Agrestina e São Joaquim do Monte, ao sul, Toritama, Vertentes e Taquaritinga do Norte, ao norte, Bezerros, Frei Miguelinho e Riacho das Almas a leste.

Cep inicial

55000-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados