Pernambuco Imortal

Canhotinho

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Outras Cidades

Bandeira

Brasão

Prefeito(a)

Álvaro Porto de Barros (DEM)

Gentílico

Canhotinhense

DDD

87

Distância do Recife

210 km

Aniversário

23 de janeiro

Fundação

23 de janeiro de 1893

Histórico

No início do século XIX, dois irmãos habitavam na margem esquerda do rio que banha o atual Município: um, instalado no local onde hoje se estende a rua da Estação e outro mais acima, para as bandas do Lajeiro e da Serra dos Bois. Este último, tendo perdido a mão direita, passou a ser conhecido como "Canhoto", apelido que se estendeu ao próprio rio. Seu irmão, a princípio identificado como "irmão de Canhoto", e mais tarde alcunhado de "Canhotinho" (talvez por ser de estatura mais baixa), erigiu, próximo de sua residência, uma capela, sob a invocação de São Sebastião, a quem era extremamente devotado.

Em pouco tempo surgia a povoação, que teve por nome o apelido de seu fundador -Canhotinho. Em 2 de setembro de 1885 foi concluída a estação da linha férrea, e, no mês seguinte chegou a primeira locomotiva. Em 1892 Canhotinho já estava com seu comércio regularmente desenvolvido. No ano seguinte, construíram, em menos de 3 meses, a Igreja atual. Em 1897 chegou ao Município o Dr. William Butler, acompanhado de seu filho Humphrey, ambos médico, aos quais Canhotinho muito deve, sob o ponto de vista sanitário. Foram construídos um templo evangélico, um colégio, uma casa de saúde e prédios residenciais.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Canhotinho, pela lei provincial nº 1706, de 01-071882, subordinado ao município de São Bento.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Canhotinho, pelo decreto estadual nº 21, de 02-10-1890, desmembrado de São Bento. Instalado em 29-09-1890.

Elevado à condição de cidade e sede, com a denominação de Ganhotinho, pela lei estadual nº 607, de 14-05-1903.

Pela lei estadual nº 991, de 01-07-1909, é criado o distrito de Palmeira anexado ao município de Canhotinho.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 6 distritos: Canhotinho, Calçado, Jupi, Lagedo, Palmeira e Tepi.

Pela lei municipal nº 62, de 24-04-1917, é criado o distrito de Glicério e anexado ao município de Canhotinho.

Nos quadros de apuração do recenseamento geral de I-IX-1920, o município é constituído de 7 distritos: Canhotinho, Calçado, Glicério, Lagedo, Jupi, Palmeira e Tepi.

Pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, desmembra do município de Canhotinho os distritos de Palmeira e Jupi. Para formar o novo município de Palmeira.

Em divisão adminstrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Canhotinho, Calçado, Glicério, Lagedo e Tepi.

Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, o distrito de Tepi é extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Canhotinho.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Canhotinho, Calçado, Glicério e Lagedo.

Pela lei estadual nº 952, 31-12-1943, o distrito de Glicério passou a denominar-se Paquevira.

Pela lei municipal nº 31, de 14-02-1948, é criado o distrito de Ôlho D'Àgua de Dentro e anexado ao município de Canhotinho.

Pela lei estadual nº 377, de 24-12-1948, desmembra do municípo de Canhotinho o distrito de Lajedo ex-Lagedo. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de I-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos:Canhotinho, Calçado, Olho D'Ãgua de Dentro e Paquevira.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual nº 4948, de 20-11-1963, desmembra do município de Canhotinho o distrito de Calçado. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de de 3 distritos:Canhotinho, Olho D'Àgua de Dentro e Paquevira.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

08º52'56, 36º11'28

Mesoregião

Agreste Pernambucano

Altitude

520 metros

Microrregião

Garanhuns

Área

423.08

População

24536

Densidade

57.993760045381

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

R$ 85 212,067 mil IBGE/2008

PIB per capita

R$ 3 425,75 IBGE/2008

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,588 médio PNUD/2000

Bioma

Mata Atlântica

Clima

tropical chuvoso com verão seco

Limites

Lajedo, Jurema, Palmeirina, Quipapá, Calçado, Angelim, e São José da Lage e Santana do Mundaú,no Estado de Alagoas.

Cep inicial

55420-000

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados