Pernambuco Imortal

Pernambuco

  • Geral
  • História
  • Geografia
  • Estatísticas
  • Galerias
  • Cidades

Bandeira

Brasão

Governador

Eduardo Campos (PSB)

Gentílico

Pernambucano

Aniversário

Fundação

Pernambuco é uma das 27 unidades federativas do Brasil. É o décimo estado mais rico do país. Está localizado no centro-leste da região Nordeste e tem como limites os estados da Paraíba (N), do Ceará (NO), de Alagoas (SE), da Bahia (S) e do Piauí (O), além de ser banhado pelo oceano Atlântico (L). Ocupa uma área de 98.146,315 km² (pouco menor que a Coreia do Sul). Também faz parte do seu território o arquipélago de Fernando de Noronha. Sua capital é a cidade do Recife (a sede administrativa é o Palácio do Campo das Princesas). O atual governador é Eduardo Campos (PSB).

Pernambuco é o sétimo estado mais populoso do Brasil, com 8.796.032 milhões de habitantes (censo 2010), que equivalem a aproximadamente 4,6% da população total do país. Desse contingente, no ano de 2008, mais da metade (55,2%) se declaravam pardos, seguidos por brancos (37,9% - maior população branca entre os estados do Nordeste), negros (6,3%) e indígenas (0,6%). A capital, Recife, é o município mais populoso do estado e sua Região Metropolitana é o maior conglomerado urbano do Nordeste Brasileiro. Recife é o principal centro industrial, comercial, cultural e universitário de Pernambuco, exercendo forte influência regional, que se estende pelos estados vizinhos. Na Região Metropolitana do Recife (RMR), se encontram Jaboatão dos Guararapes, Olinda e Paulista, respectivamente segundo, terceiro e quarto municípios mais populosos do estado. Outros municípios importantes são Vitória de Santo Antão e Goiana, na Zona da Mata; Caruaru e Garanhuns, no Agreste; Petrolina, na Região do São Francisco; e Serra Talhada, Arcoverde e Araripina, no Sertão.

Uma das primeiras regiões do Brasil a ser ocupada pelos portugueses, Pernambuco foi também um dos mais importantes núcleos econômicos nos primórdios do período colonial, tornando-se alvo dos interesses de outras nações, como a Holanda, que deteve o domínio da região entre 1630 e 1654. O estado teve ativa participação em diversos episódios da história brasileira, servindo de berço a movimentos de caráter nativista ou de ideais libertários, como Guerra dos Mascates, a Revolução Pernambucana, a Confederação do Equador e a Revolta Praieira, mas perdeu peso político e econômico a partir do século XVIII, com o deslocamento do pólo econômico para o sudeste do Brasil. Em 2002, Luiz Inácio Lula da Silva tornou-se o primeiro pernambucano a assumir a Presidência da República.

Conhecido por sua ativa e rica cultura popular, Pernambuco é berço de várias manifestações tradicionais, como o frevo, o maracatu e os pastoris, bem como detentor de um vasto patrimônio histórico, artístico e arquitetônico, sobretudo no que se refere ao período colonial. O estado também deu origem a grandes romancistas e poetas brasileiros, como Manuel Bandeira e João Cabral de Melo Neto, e participou do movimento de renovação e internacionalização das artes visuais brasileiras, com Cícero Dias e Vicente do Rego Monteiro. Na década de 1990, surgiu em Pernambuco o mangue beat, amálgama do rock, do pop, do rap e do funk com os ritmos locais.

O estado logrou notáveis avanços nos indicadores sociais nas últimas décadas, reduzindo, por exemplo amortalidade infantil em quase 50% entre 1990 e 2005, como também a taxa de analfabetismo (para 17,6% em 2009).

Marcado por uma lenta progressão econômica durante a maior parte do século XX, Pernambuco possui o décimo maior produto interno bruto (PIB) do Brasil e o segundo maior da região Nordeste, atrás apenas da Bahia. O pequeno crescimento econômico não foi suficiente para absorver a mão-de-obra egressa do campo, o que gerou grande fluxo migratório para outras regiões do país. Nos últimos trinta anos, todavia, o estado assiste a uma importante mudança em seu perfil econômico, tornando-se menos dependente do setor agrícola. Além da importância crescente do setor terciário, sobretudo das atividades turísticas, o setor industrial possui grande peso regional. A Região Metropolitana do Recife se destaca como um dos principais pólos industriais do Nordeste, ao lado de Salvador. Mais recentemente, grandes investimentos nos setores petroquímico, biotecnológico,farmacêutico e automotivo deram novo impulso à economia do estado, que vem crescendo acima da média nacional. Só o Complexo Industrial Portuário de Suape tem o poder de triplicar o PIB de Pernambuco até 2030.

O estado é representado na bandeira do Brasil pela estrela Mµ de Escorpião.

Localização

Unidade Federativa

Pernambuco

Latitude e Longitude

,

Mesoregião

Possui 5

Altitude

Microrregião

Possui 18

Área

98146

População

8796448

Densidade

89.6261487987

Evolução Populacional

Pirâmide Etária

PIB

87,170 (2010)

PIB per capita

8.065 (2008)

Receitas e Despesas

PIB por Setor

IDH

0,718 (2005)

Bioma

Clima

Tropical atlântico (litoral), semi-árido (agreste e sertão)

Limites

Bahia, Piauí, Alagoas, Ceará e Paraíba

Cep inicial

Casamentos

Docentes por Série

Matrículas por Série

Número de Escolas por Série

Estabelecimentos de Saúde

Frota de Veículos

Escolha a Cidade no Mapa ou na Listagem abaixo

Pernambuco Imortal | © - 2011 Todos os direitos Reservados